Sexta-feira, 24 de Novembro de 2006

Cair da folha

Uma janela aberta por onde irrompe uma réstia de sol, o céu salpicado por algumas nuvens e, uma  folha que cai. A partir deste enunciado podia aventurar-me numa viagem lirica acerca do Outono, mas não me apetece. O melhor mesmo é deixar alguns provérbios do cancioneiro popular:
 
  • Ao cair da folha morre muita gente.
  • Folha caída, esperança perdida.
  • Folha seca sabe cortar.
  • Folhinha e noivado só prestam um ano.
  • Formiga sabe a folha que rói.
  • Muitas vezes a má folha esconde o melhor fruto.
  • Quem se abraça debaixo da folha, três vezes se molha.
  • publicado por Carpinteira às 22:11
    link do post | favorito
    |

    .mais sobre mim

    .pesquisar

     

    .Junho 2007

    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab
    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13
    14
    15
    16
    17
    19
    20
    21
    22
    23
    24
    26
    27
    28
    29
    30

    .posts recentes

    . Mudança provisória

    . Poema de aniversário

    . Medo

    . Urbe eclesiástica

    . Desencontros

    . Avaliação de desempenho

    . Guernica 26 de Abril de 1...

    . Dia do livro

    . Regresso

    . A bicicleta

    .arquivos

    . Junho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    .tags

    . todas as tags

    blogs SAPO

    .subscrever feeds